7.4.11

Há mar e mar e há praia…suja!

Têm estado uns dias de calor deliciosos. Parece que é Verão. Aliás, tem estado mais calor do que em muitos dias de Julho e Agosto. Eu não me queixo porque prefiro o calor ao frio, adoro o sol, a praia, a areia nos pés e o cheiro a mar…que delicia…energiza-me. Pena que este ano estou proibida de fazer praia, de apanhar sol, de ficar da cor do caramelo, mas a lamuria não vale de nada. Ontem pela primeira e talvez última vez este ano pus os pés na areia, oh…coisa boa, até parece que faz massagens…e o cheirinho a mar revolto fez-me bem, soube-me bem, retemperou-me o espírito…

Contudo, o cenário geral era triste. É triste que o ser humano tenha uma capacidade infinita de degradar a casa em que vive, de não respeitar a natureza nem o espaço que não é seu.

Ontem cheguei á praia e deparei-me com um cenário deplorável. O que me choca não são os pedaços de madeira, paus e canas, porque esses fazem parte do meio ambiente. Choca-me todo o lixo não natural. Os plásticos, os vidros, os tubos, os pacotes de leite. Todos os anos é isto. O mar devolve o que não lhe pertence. Toma lá que não quero isto para nada. E o homem ganha vergonha? Não! Para quê?

Agora é isto e as câmaras ainda põem umas máquinas a fazer limpeza, mas chegamos ao Verão e são beatas de cigarros, são papéis de gelados, e às vezes outros lixos como fraldas. É vergonhoso! Seria tão melhor se todos se respeitassem começando por respeitar o meio ambiente e executassem a simples tarefa de pôr o seu lixo no lixo, ou na reciclagem.

E ainda me vêm falar de iniciativas muito boas como o Limpar Portugal. Eu não participei, nem faço conta de vir a participar. Porque eu não sujo Portugal, não vou limpar o que os outros sujam. Eu não deito papéis no chão, nem beatas até porque nem fumo, ralho com os meus amigos que o fazem ainda que distraidamente e sou capaz de ficar chateada com eles se não vão a correr apanhar o lixo que caiu. Se ninguém sujar, ninguém precisa de limpar, e em vez de se ganharem prémios do Green Project Awards porque sim senhora Portugal é um país de gente boa e voluntariosa que mete mãos á obra, podia-se ganhar prémios por se ser o país mais limpo da UE e com melhor qualidade de vida e meio ambiente. Mas não, é melhor ter dois trabalhos, o de sujar e o de limpar.

Aqui ficam umas fotos do cenário…

DSC_0031 DSC_0036

 DSC_0037 DSC_0038

 DSC_0040 DSC_0041

DSC_0042 DSC_0044 

DSC_0045 DSC_0046

 DSC_0048 DSC_0049

DSC_0056 DSC_0057

 DSC_0058 DSC_0059

 DSC_0070 DSC_0071

Cat

5 comentários:

S* disse...

Vê-se logo que ainda não entramos na época balnear...

Ivânia Santos (Diamond) disse...

Baaah é triste ver isto :/

Cat disse...

S*/ pois não estamos, mas não devia ser necessário esperar pela epoca balnear para as praias estarem limpas. :)


Diamond/ é muito triste!
Bem vinda!

spritof disse...

Sem comentários...
:(

Cat disse...

Spritof/ ...